O Vasco não perdia no São Januário havia quase um ano. A última derrota tinha sido no dia 26 de julho do ano passado, diante do Palmeiras, pelo Brasileiro. A série invicta caiu neste sábado para o Paysandu, que aproveitou os espaços que se abriram no segundo tempo para marcar duas vezes com Jhonnatan e ganhou por 2 a 0.

Apesar do resultado negativo, o Vasco permanece no topo da tabela de classificação da Série B com 22 pontos. Isso porque o Atlético-GO, que era o perseguidor mais próximo, também perdeu na rodada e permaneceu com 20. Já o Paysandu subiu para 12 pontos e se distanciou um pouco mais da zona de rebaixamento.

Ratinho e Jhonnatan: decisivos para derrubar o Vasco

Os dois foram as principais armas do Paysandu, principalmente nas saídas de contra-ataque do Paysandu, mesmo durante o primeiro tempo. No segundo, foram cruciais para o lance que resultou no primeiro gol da equipe. Edson aproveitou o espaço que se abriu na direita, depois que o Vasco se mandou para cima, e cruzou para Jhonnatan marcar de cabeça. O mesmo Jhonnatan, novamente aproveitando as brechas que se abriram na defesa adversária em um momento de desespero, fez mais um e matou o jogo.

Não foi a primeira vez nesta Série B que o Vasco encontrou um adversário disposto a se fechar e a apostar nos contra-ataques. Também não foi a primeira vez que sofreu para criar boas chances. A diferença é que em outras oportunidades conseguiu dar um jeito de chegar ao gol do adversário e sair de campo com a vitória. Desta vez, não. Além de continuar esbarrando na defesa do Paysandu, deu espaços para o adversário aproveitar contra-ataques e balançar as redes.

Fonte: Do UOL, em São Paulo.