Na reta final da campanha de vacinação contra o sarampo e a poliomielite, 4 milhões de crianças de 1 e com menos de 5 anos ainda não foram imunizadas.

Os estados com os índices mais baixos são Rio de Janeiro e Roraima. A meta do governo é vacinar, pelo menos, 95% de um total de 11 milhões de brasileirinhos.

Até agora, cerca de 60% do público alvo foi imunizado. Amapá e Rondônia são os estados com melhor cobertura vacinal.

Para a poliomielite, as crianças que nunca se vacinaram deverão receber a vacina inativa da poliomielite. Quem já tomou uma ou mais doses vai receber a gotinha.

Em relação ao sarampo, todas as crianças devem receber uma dose da tríplice viral, mesmo se não estiverem com as vacinas em dia. A exceção é para aquelas que tenham sido imunizadas nos últimos 30 dias, que não necessitam de uma nova dose. Lembrando que, atualmente, o país enfrenta surtos de sarampo em Roraima e no Amazonas.

O último dia para vacinação é na sexta-feira, dia 31. É preciso procurar um posto de saúde, se possível com a carteira de vacinação da criança.

Red.: Nelselino Santarém