A Secretaria de Obras inicia uma campanha para alertar a população quanto a destinação corretamente dos resíduos sólidos, principalmente de materiais cortantes e perfurantes.

O depósito incorreto de cacos de vidro e demais objetos cortantes no lixo domiciliar está ocasionando um número alarmante de acidentes com os garis durante a coleta dos resíduos em Parintins.

Somente nas últimas semanas, sete acidentes foram registrados pela Coordenação de Limpeza Pública, subordinada à Secretaria de Obras. A maioria dos casos foi causada por cacos de vidro descartados sem nenhuma proteção.

A orientação da Secretaria de Obras, enquanto a coleta seletiva não entra em vigor, é que os cacos de vidro sejam embalados em papelões ou com a ajuda de uma garrafa pet. Embalar os vidros em jornal e em sacola plástica comum não é aconselhável pela falta de resistência dos materiais.

“Reiteramos o compromisso em manter a cidade limpa e pedimos a colaboração da população em descartar corretamente os resíduos cortantes e depositar o lixo domiciliar nos horários certos”, comentou o secretário de Obras, Mateus Assayag.

Red.: Neudson Corrêa