Um professor da rede pública de ensino da zona rural faz uma grave denúncia ao jornalismo Alvorada. O educador que prefere manter o nome em sigilo revela que a alimentação escolar, desde o início do ano, está chegando às escolas com o cardápio incompleto.

O professor questiona o secretário de educação do município, João Ribeiro, Costa sobre a situação. “Quando chega arroz, não chega o frango. Quando não chega macaxeira chega jerimum ou só banana. Então, por que a merenda escolar não chega completa, do cardápio para as escolas da área rural”, questiona o professor.

O educador comenta que esperou até agora para se manifestar sobre o assunto. Ele questiona também a atuação do Conselho da Alimentação Escolar (CAE), que deveria fiscalizar a entrega do produto às escolas do município, principalmente da zona rural.

Red.: Neudson Corrêa