No primeiro dia do Novenário em Honra a Nossa Senhora do Carmo, Padroeira da Diocese de Parintins, centenas de devotos participaram dos momentos religiosos dentro da programação da festa.

O pregador do novenário, Frei Leandro, natural de Pernambuco, Ceará, religioso da Ordem dos Carmelitas, abordou as obras de misericórdia “dar de comer a quem tem fome e dar bons conselhos”. Ele iniciou sua pregação destacando historicamente o trabalho de evangelização da Ordem Carmelita no Brasil, desde a sua chegada.

Ao abordar o tema, embasado no Jubileu da Misericórdia, dar de comer a quem tem fome, o Frei destacou que este é o grande apelo para a humanidade inteira, para o cristão. É preciso estar atento aos famintos do nosso meio, da nossa sociedade. Ele lembrou que o próprio Jesus exortou seus discípulos: “dai-lhes vós mesmos de comer”.

No segundo ponto de reflexão, dar bons conselhos, Frei Leandro destacou que vivemos um tempo em que é preciso ouvir os mais maduros na fé e na idade, acolhendo sua sabedoria. Ele citou que o próprio Cristo deu bons conselhos a Maria Madalena, Zaqueu, a Mateus, a seus apóstolos. Hoje a Igreja, que faz a vez de Cristo, incita os seus filhos a escutá-Lo, no seu Evangelho para realizarmos aquilo que Ele nos aponta nos seus conselhos divinos e de vida eterna.

Com relação a sua impressão sobre o círio, que marcou o início da Festa, o Frei se mostrou impressionado com a manifestação de fé do povo católico parintinense. Pra ele, foi um momento espetacular e contagiante olhar a devoção dos que estiveram presentes no círio.

Da Redação, Paulo Pacheco