Encerra nesta sexta-feira, dia 14 de setembro, o prazo para pecuaristas parintinenses realizarem a notificação das vacinas contra febre aftosa aplicadas em seus respectivos rebanhos. Os atendimentos acontecem na Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (Adaf).

A notificação é importante para que o nome do produtor possa constar na digitalização dos dados monitorados pela Adaf. Quem comprou a vacina, aplicou no rebanho, mas não notificou, fica com o nome inadimplente.

A reportagem esteve no prédio da Adaf, na tarde desta quarta-feira, e conversou com gerente Cláudia Ramos, que fala sobre os prazos e a situação de quem deixar de realizar a notificação.

“O produtor que não procurar o escritório, torna-se um produtor inadimplente perante Adaf. A partir de segunda-feira já teremos a lista dos inadimplentes”, comentou Cláudia Ramos ressaltando que 76% das 30 mil cabeças do rebanho já foram vacinadas e notificadas.

Red.: Marcos Felipe