A população sugere a instalação de lombadas nas proximidades da Ponte Amazonino Mendes depois que um idoso de 78 anos morreu ao tentar atravessar a rua e foi atingido por um condutor de motocicletas.

Na rua Augusto Gianola, esquina da Avenida Geny Bentes, diversos acidentes já foram registrados. Há três anos uma senhora quando retorna para a casa perdeu a vida nas proximidades da feira. Ela dirigia uma bicicleta no sentido centro-bairro.

No local não há redutor de velocidade, não há um agente de trânsito para orientar os condutores de veículos e pedestres, sendo que a via é uma das mais movimentadas da cidade.

Nesta semana os ouvintes passaram a enviar mensagens propondo ao diretor presidente da EMTT, Álvaro Cerdeira, a instalação de lombadas para impedir o excesso de velocidade.

“Será que seria viável a instalação de três lombadas: uma poderia ser colocada atravessando a rua Geny Bentes, em frente à feira. A outra lombada seria na descida da ponte e a terceira, próxima a curva da feira”, comenta o ouvinte José Gracival.

Ele sugere também o fechamento da rotatória em frente ao posto de gasolina.

Red.: Neudson Corrêa