Emocionante! Assim pode ser definida a presença de Padre Sóssio Pezzela na Celebração da Missa dos Enfermos ocorrida nesta quinta-feira (07) na Catedral de Nossa Senhora do Carmo.

A celebração marcou também a passagem dos 70 anos de ministério ordenado do decano dos sacerdotes da Diocese de Parintins.

Padre Sóssio nasceu em 14 de outubro de 1921 na cidade de Carditelo, em Nápoli. Ingressou no Seminário de Ducenta em 03 de outubro de 1934 e foi ordenado sacerdote no dia 07 de julho de 1946.

Estudou Teologia em Roma, onde também se formou em Ciências Bíblicas. Foi professor da Sagrada Escritura, Teologia, História da Igreja e Liturgia no Seminário de Teologia do PIME, na Itália até 1966.

Destinado ao Brasil, o sacerdote chegou a Parintins no dia 27 de abril de 1974 e um ano depois,  assumiu a Paróquia da Catedral e em 1 de maio de 1976, tornou-se pároco de São José Operário.

Padre Sóssio dedicou-se a formação bíblico teológica dos leigos de Parintins com a implementação do Centro Cultural Católico Padre Anchieta. Foi fundador e colaborador direto do jornal Novo Horizonte e publicou vários livros como “Pingos de Sabedoria” e “Do mar de Nápolis ao Rio-mar”.

Devido a idade avançada, Padre Sóssio já não exerce mais as funções sacerdotais, mas mesmo assim, não perdeu o hábito e a vontade de celebrar missas.

Atualmente, o religioso reside num dos apartamentos do Hospital Padre Colombo, onde recebe a assistência médica por conta da saúde fragilizada.

Da Redação, Paulo Pacheco