O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, desembargador Yedo Simões de Oliveira, assumiu o comando do Estado interinamente, em virtude de viagem do governador Amazonino Mendes. O cargo trocou de mãos na sexta-feira, dia 10, porém a comunicação oficial do TJ só aconteceu ontem, quarta-feira, 14.

Esta é a segunda vez que o desembargador, após assumir a presidência do Tribunal de Justiça, no dia 4 de julho, adota o posto de governante do Estado.

Em 20 de julho, o magistrado já havia ficado como governador do Amazonas também por motivo de viagem de Amazonino Mendes.

Red.: Marcos Felipe com informações da Band News