A JMJ de Cracóvia, como as outras no passado, são eventos importantes também para as Congregações religiosas e institutos, por serem momentos de agregação em que se difunde o valor e o carisma de suas missões. O evento de Cracóvia está sendo bastante vivido por toda a Família Paulina, que com seus irmãos e leigos consagrados, fazem pastoral vocacional, apresentam-se aos jovens e principalmente, comunicam. “Trata-se de um momento privilegiado para fortalecer a fé e a missão entre os jovens de todo o mundo ao redor de Jesus Cristo e manifestar seu apoio à mensagem cristã e ao Papa”.

Neste momento difícil em que a humanidade sofre ameaças e violências terroristas, esta mensagem traz em si uma força especial. É o que afirma o religioso paulista Darlei Zanon, paulino, filósofo e teólogo, além de mestre em Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação.

Fonte: Rádio Vaticano