Após queima de fogos na primeira noite de programação, Festival da Canção de Itacoatiara (Fecani) foi suspenso por decisão da Justiça. O juiz Rafael da Rocha acatou denúncia do Ministério Público e proibiu na quarta-feira a realização do evento até que fosse expedido um alvará do Corpo de Bombeiros.

Na intimação, o magistrado afirma que havia riscos aos frequentadores do festival e uma multa de 200 mil reais diária seria aplicada por  descumprimento da notificação.

Milhares de pessoas já estavam no Centro de Eventos Juracema de Holanda e ficaram insatisfeitas quando por volta das 9 horas a programação foi interrompida. Porém, cinco horas após a suspensão, a Prefeitura Municipal de Itacoatiara e a Associação dos Itacoatiarenses Residentes em Manaus (Airma), que são os organizadores da festa conseguiram reverter a decisão do juiz e o evento retornou com sua programação.

Com a mudança repentina da programação, a dupla Maiara&Maraisa, entrou no palco por volta de 1h45min da madrugada para continuidade ao evento.

Red.: Marcos Felipe