Inicia a partir desta terça-feira, dia 20, no Colégio Nossa Senhora do Carmo, as atividades do PROERD: Programa Educacional de Resistências às Drogas.

No Estado do Amazonas, o PROERD foi implantado em 2002, inicialmente na cidade de Manaus e nos anos subsequentes, em parte dos municípios da região metropolitana e municípios do arco de fronteira.

 O PROERD tem como objetivo educar principalmente as crianças e adolescentes em seu meio natural, a escola, com atividades interativas auxiliadas pelo policial instrutor PROERD juntamente com o professor, permite ainda que as crianças desenvolvam uma atitude positiva em relação às autoridades e respeito às leis.

Presente no encontro com pais e direção do Colégio do Carmo, o Cabo da Polícia Milita, Gildo Assis, afirma a importância deste trabalho que tem, a parceria da Polícía Militar, Escola e Família.

Para o policial, “o PROERD trabalha na causa do problema, com as crianças de 9 e 10 anos. Esse trabalho de conscientização nessa faixa etária vai ajudar quando chegar a fase da adolescência, quando os mesmos tiverem a necessidade de tomar decisões. Quem sabe decidir pensa antes de agir e quem não sabe, faz escolhas erradas e paga depois as consequências dessas escolhas”.

A gestora do Colégio Nossa Senhora do Carmo, Irmã Iracema, destacou na reunião, que, infelizmente, a droga se faz presente nas escolas, para isso é importante a parceria e apoio dos pais no acompanhamento do aluno, na realização das atividades.

Para a Irmã Iracema, “este trabalho da polícia é uma ajuda à família no sentido de proteger as crianças do risco das drogas!

O Colégio Nossa Senhora do Carmo firma todos os anos esta parceria com o PROERD buscando conscientizar os alunos para os trágicos problemas que as drogas trazem para suas vidas.

Da Redação, Ednilson Maciel