A Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso se colocou à disposição da Procuradoria Geral do Ministério Público do Estado do Amazonas (PG-MPE-AM) para continuar a contribuição na reestruturação e reorganização do Festival Folclórico de Parintins.

O encontro ocorrido em Manaus na manhã desta quinta-feira, dia 3, durou mais de duas horas, no qual se discutiu questões técnicas relacionadas ao regulamento, escolha de jurados e arena para fortalecimento da festa dos bois.

O procurador geral do MPE, Fábio Monteiro, presidiu a reunião, acompanhado do procurador de justiça, Carlos Coelho, promotores Vicente Cruz Filho, Leda Mara Albuquerque e André Seffair. O Caprichoso foi representado pelo presidente Joilto Azêdo, coordenador do Conselho Musical, Mauro Antony, procurador do boi em Manaus, Dodozinho Carvalho, membro da diretoria executiva, Alessandro Hayden, e os advogados do conselho fiscal, Márcio Azêdo e Rodrigo Carvalho.

Membros da diretoria do azul e branco   avaliaram como positivo encontro com MPE

Membros da diretoria do azul e branco avaliaram como positivo encontro com MPE

Os membros da Procuradoria Geral do MPE-AM avaliaram de forma positiva e de extrema importância a iniciativa da diretoria do Boi Caprichoso em buscar apoio ao fortalecimento do festival de Parintins. A iniciativa de conversar com o Ministério Público é do presidente do Caprichoso, Joilto Azêdo, com base na experiência de juízes e promotores na coordenação da festa na década de 1990.

Para o dirigente do boi-bumbá, não se pode pensar na disputa em arena, sem antes buscar mecanismos para dinamizar o festival.

Todas as informações da reunião entre membros da diretoria da Associação Cultural Boi-Bumbá Caprichoso e da Procuradoria Geral do MPE serão repassadas à Secretaria de Estado de Cultura (SEC), coordenadora executiva do Festival Folclórico de Parintins designada pelo Governo do Amazonas. “Estamos concentrados no planejamento e na preparação do projeto boi de arena 2016, Viva Parintins. Construímos um caminho para o Boi Caprichoso conquistar o título de bicampeão do festival”, assegurou Joilto Azêdo.

*assessoria imprensa