Um chamado. Uma missão. Uma voz doce e cheia de personalidade. Uma musicalidade que nasce de uma vida eucarística e se expressa como profecia, como palavra de Deus para o coração dos homens. Essa é Juliana de Paula, cantora paraibana que tem encantado muitos corações em todo o Brasil. Juliana é atração confirmada na última noite de arraial da Festa de Nossa Senhora do Carmo, no dia 16 de julho.

Vivenciando o cotidiano do ministério de música há quase 15 anos, Juliana descobriu que tinha o dom do canto durante um retiro de jovens da paróquia Santa Júlia, em João Pessoa. Durante a encenação de uma peça, ela cantou a música Estrela da Manhã, da Comunidade Recado.

A repercussão foi muito boa e, dali em diante, passou a caminhar no ministério de música da Comunidade Salve Maria, da qual foi membro durante 15 anos.

Durante esse tempo, Juliana serviu nas missas da paróquia, ministrou e coordenou grupos de oração e de formação, cantou em encontros diocesanos e retiros espirituais, fez parte do conselho e coordenou o ministério de música da comunidade.

Red.: Ednilson Maciel