O Colégio Nossa Senhora do Carmo receberá homenagens hoje da Câmara municipal de Parintins em sessão a ser realizada ás 16 horas no auditório dom Arcângelo Cérqua.

 A solenidade é uma propositura do vereador Jualiano Santana (PDT). O Colégio completou 60 anos ontem e comemorou a data com uma série de atividades desenvolvidas desde a última segunda-feira.

O estabelecimento de ensino pertence à Diocese de Parintins e iniciou suas atividades escolares no dia 12 de maio de 1956 e nesta quinta-feira completou 60 anos de fundação. Para comemorar a data um translado saindo Catedral debaixo de chuva com a imagem de Nossa Senhora do Carmo reuniu alunos, ex-alunos, pais, professores, gestora e funcionários da instituição escolar, e percorreu ruas e avenidas do centro da cidade até o colégio, onde as comemorações continuaram.

A abertura das comemorações dos 60 anos do Colégio Vicentino aconteceu na noite desta segunda-feira (09) com uma missa em ação de graças na Catedral, presidida pelo Bispo da Diocese de Parintins, Dom Giulliano Frigeni.

Durante a semana, atividades esportivas, concursos de fotografias antigas e atuais, além de concursos de poemas estão sendo realizados na escola, tudo alusivo às comemorações de aniversário do educandário.

Para o professor de história, Jackson Barros o Colégio é tradicional e voltado aos princípios cristãos. “Nesses 60 anos, a escola teve muitos desafios, mas graças às bênçãos de Nossa Senhora do Carmo e a força de vontade e dedicação dos professores, gestores e da equipe pedagógica, obtivemos grandes conquistas. Na verdade, o educandário comemora hoje, 60 anos de excelentes serviços prestados a educação parintinense”.

Projeto

De acordo com a professora, Maria de Jesus Pacheco a escola tem um projeto denominado ‘Colégio do Carmo, 60 anos de história servindo a comunidade parintinense’. “Esse projeto vem sendo desenvolvido desde o mês de fevereiro e será apresentado no mês de outubro para a comunidade, na Feira de Ciências. O projeto vai contar a história do educandário”, anuncia.

Livro Documentário

A professora comentou ainda que documentos, fotos, entrevistas, vídeos, poemas e textos relacionados à escola ao longo desses anos estão sendo reunidos para a construção de um livro documentário. “O livro vai registrar as conquistas dessa Instituição, tanto na cultura, no esporte, na música, na religião e nos prêmios conquistados nacionalmente ao longo dessas seis décadas. Primeiro vamos apresentar a comunidade através do projeto e depois virará livro documentário, além de um museu em uma de nossas salas”, destacou Pacheco.