Aparecida (RV) – Uma das presenças marcantes nesta 54ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em Aparecida, é a do Padre Zezinho. Em entrevista concedida a Silvonei José, o sacerdote do Sagrado Coração de Jesus fala de seus projetos futuros e presentes, do compromisso com os jovens este sábado em Aparecida e do momento atual vivido pelo Brasil. O nosso país, segundo ele, está muito individualista, há uma falta de lideranças e de unidade e é necessária uma “catequese do diálogo” e diz, que a Igreja tem um papel profético nexte contexto: “A Igreja no Brasil tem que falar. Se não falar vai morrer!”.

Fonte: Rádio Vaticano