A Seleção Olímpica de futebol masculino do Brasil estreou com empate em 0 a 0 contra a África do Sul nas Olimpíadas do Rio 2016. O time do técnico Rogerio Micale mostrou que ainda precisa evoluir muito para brigar pela inédita medalha de ouro.

Na primeira etapa o Brasil teve boas chances para marcar os gols, Neymar criou as melhores chances, mas parou no goleiro Khune, que foi o grande nome do jogo. O primeiro tempo foi muito aberto, com os dois times buscando o ataque.

O time adversário também criou algumas jogadas, mas não tanto perigosas. O sul-africano Dolly, capitão e camisa 10 da equipe, foi o grande articulador do ataque da África do Sul.

Na segunda etapa, a seleção africana voltou melhor. O Brasil foi dominado no começo e ficou perto de abrir o placar. A expulsão do zagueiro Mvala aos 14 minutos poderia melhorar as chances para o Brasil. Mas não foi isso que aconteceu, o Brasil se mostrou um time desentrosado que precisa mudar seu jeito de jogar, caso contrario dará vexame a sua torcida.

Para o técnico Rogerio Micale, o time esta bem, “jogamos bem o que faltou foi só o gol, criamos oportunidades, mas a bola não entrou”, comentou

O Brasil volta a campo no próximo domingo, às 22h, contra o Iraque, que também ficou no 0 a 0 contra a Dinamarca na estreia.

Por: Nelselino Santarem