O Banco Bradesco suspendeu os empréstimos consignados para funcionários efetivos da Prefeitura Municipal de Parintins. A informação foi repassada para uma servidora que tentou fazer um empréstimo na agência bancária, mas foi informada que o município não teria repassado o valor referente aos empréstimos efetuados.

“O dinheiro é dos funcionários que pagam suas parcelas e a prefeitura não repassa para o banco. Pagamos os empréstimos e não a prefeitura, por isso que é descontado no contra cheque de cada servidor”, comenta a servidora ao jornalismo Alvorada, a qual prefere manter seu nome em sigilo.

A denunciante faz questão de tornar público a informação e questiona o destino do dinheiro que é descontado dos vencimentos dos efetivos que fazem empréstimo consignado.

A funcionária menciona que precisa fazer reforma em sua casa, mas devido a esse contra tempo não vai poder dar continuidade às obras.

A reportagem tentou contato com o secretário de Finanças do município, João Neto de Souza, para falar sobre o assunto, mas as ligações eram encaminhadas para caixa de mensagem.

Red.: Neudson Corrêa